O ano fechado em alto astral

December 23, 2015

 

Com uma programação levemente diferente, já que não foi exibido o filme (Pegando Fogo, que segue em cartaz em alguns cinemas de Porto Alegre), a edição 85 do evento Mesa de Cinema começou com coquetel no final da manhã do sábado, dia 19 de dezembro. Os chefs Zi Saldanha,  com sua esposa Nathália, e Gérard Durand, com a filha Yasmin, chegaram pouco antes das 11h e logo entabularam um  acirrado bate-papo, antecipando o debate que viria a seguir.  

 

Uma ilha com pastas, pãezinhos e grissinis e serviço volante com canapés de brie com tomates secos e gorgonzola com cebolas carameladas foram o suporte para apreciar o espumante Terroir d’Effervecense 2014, um corte de uvas chardonnay, pinot noir e riesling itálico, a primeira surpresa da vinícola Vinhética neste encontro permeado pelo espírito de confraternização e recheado de surpresas para o paladar.

 

Fabrizzia Cinel Lacerda e Rejane Martins, responsáveis pela Mesa Produtora, receberam o público  e apresentaram o making of do filme Pegando Fogo, precedido pelo vídeo com crítica  bem-humorada de Isabela Boscov. Em seguida, o crítico Roger Lerina conduziu o debate estrelado por Gerard, Zi Saldanha e Cesar Sperotto. Muito pano para a manga, e os 60 minutos reservados para a conversa passaram voando. Tanto o público quanto os chefs defenderam suas ideias a partir das cutucadas lançadas pelo diretor John Wells em seu filme questionando  tradição, praticidade e o uso de novas tecnologias na culinária, a prepotência e o individualismo, o trabalho em equipe,  a tensão e o prazer, a importância da mídia, os pontos de fuga entre outros aspectos e conflitos  enfrentados pelo personagem principal o chef Adam Jones.  Cada um em seu estilo, os chefs contribuíram para tornar o debate acirrado e enriquecidor graças também à bela participação de Roger Lerina, que com precisão quase culinária soube dosar bem os temperos e ingredientes lançados ao fogo da discussão.

 

O grande finale contou com um desfile de pratos inspirados no filme. Entrada (carpaccio de tomates com brotos e crumble de bacon) e primeiro prato (peixe branco em crosta de tomate seco e manjericão) foram acompanhados por um rose que nos remeteu diretamente às melhores safras da Provence.  Assemblage de merlot, teroldego e syrah o Terroir de Rosé 2015 é uma elegante combinação em que o destaque foi o jarret de cordeiro, corte especialmente selecionado pelo consultor Marcelo Conceição, da Origem Carnes Especiais. Para acompanhá-lo, a vinícola Vinhética trouxe um tinto com intensidade e estrutura marcantes, envelhecido em diferentes barricas: merlot e marselant em carvalho francês e o tannat em carvalho americano. Um inusitado e agradável presente ao paladar.

 

 

A intervenção extraída do filme teve a participação especial de Paulo Fonseca que circulou de mesa em mesa, interpretando o chef Adam Jones em seus momentos mais calmos na trama. A semelhança, sutil para alguns, idêntica para outros, com o ator Bradley Cooper arrancou suspiros, rendeu fotos e fez a alegria do público durante o almoço. Marcia Fischmann (na foto) foi uma das que se divertiu com a brincadeira.

Para encerrar, público e chefs foram brindados com mimos da empresa D’Água Natural que distribui sachês e kits com sabonetes especiais.

Ao término, o enlevo de momentos raros de prazer e de alegria. O desejo de uma próxima edição será saciado dia 27 de janeiro, quando comemoraremos os 11 anos do Mesa de Cinema. Nosso encontro será à noite no Studio Clio em Porto Alegre.  Em breve, enviaremos mais informações.  Save the date! 

Quer ver mais fotos? Visite e curta nossa página no Facebook ou siga-nos no Instagram.

 

Desejamos um novo ano repleto de energia e tempo para degustar a vida ainda mais! Que venha 2016! Boas festas! 

Please reload

Featured Posts

Game of Thrones no Mesa de Cinema

May 20, 2019

1/4
Please reload

Recent Posts

August 31, 2019

July 9, 2019

Please reload

Archive